Londres quer transformar antiga usina movida a carvão em usina de energia renovável

Com o objetivo de sustentar o consumo energético de seus moradores, Londres pretende transformar a Battersea Power Station, antiga usina que parou de funcionar em 1983, num grande complexo gerador de energia limpa. O complexo chegava a produzir 20% da energia utilizada na cidade em sua época de funcionamento.

Battersea , á beira do rio Tamisa, voltará a produzir energia para Londres, desta vez será renovável

O edifício, o maior construído por tijolos da Inglaterra, produzia cerca 500 MW através do carvão, até ser abandonado. Muitos projetos em torno dele surgiram, mas só agora a idéia de transformá-lo em fonte de energia limpa conseguiu sair do papel. Além de gerar energia renovável para escritórios e domicílios por toda a Londres, serão construídos restaurantes, cafés e um hotel para atrair turistas para o rio Tamisa, que corre na frente do Battersea.

São idéias como essas que me chamam a atenção. Transformar um ícone urbano, que antes fornecia energia para a cidade através de combustíveis fósseis, em uma fonte limpa e moderna de energia. Está certo que os ingleses tem muito mais recursos para criar um projeto desses do que nós, mas é em idéias assim que o Brasil deveria ir pensando.

Afinal, se quisermos ser a 5ª potência, que pelo menos sejamos de forma sustentável. [via INHABITAT]

Siga pelo RSS:

Anúncios

2 comentários em “Londres quer transformar antiga usina movida a carvão em usina de energia renovável

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s